papel higiênico: no lixo ou no vaso sanitário?

Persiste uma dúvida bastante comum sobre o local adequado para descarte dos papéis higiênicos: no lixo ou no vaso sanitário

privada_papel

Confira nesta postagem a destinação correta deste tipo de resíduo.

Se o papel for fino, daqueles macios, de folha dupla, que se dissolvem na água, jogue-o no vaso sanitário. Quando passar pelo sistema de tratamento de esgoto, ele será filtrado e, juntamente com os outros resíduos sólidos, levado a um aterro sanitário – que é pra onde ele iria se você o tivesse jogado no lixo. A diferença é que, nesse processo, você economiza em saquinhos plásticos para embalar o lixo. Eles, sim, fazem muita diferença para o ambiente: enquanto o papel leva 4 meses pra se degradar, o saquinho leva cerca de 40 anos.

“A pessoa só não pode exagerar na quantidade de papel por vez para evitar entupir o vaso ou as instalações hidráulicas da casa”, diz Hélio Padula, gerente de serviços da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Se for jogado no cesto de lixo, o papel também vai parar no aterro, porém, por ser embalado em sacos plásticos, seu impacto ambiental é maior – plásticos, como se sabe, levam décadas para ser decompostos na natureza.

Agora, se o papel que você usa não é dos melhores, o jeito é jogá-lo no lixo mesmo. Apesar de não ser capaz de, sozinho, bloquear o fluxo de água na rede de esgoto, seus resíduos podem piorar entupimentos já formados durante o percurso rumo à estação. O mesmo vale para cidades em que não há tratamento de esgoto: nesse caso, o papel vai direto para os rios, contribuindo para a poluição das águas.

Caso sua cidade não conte com uma rede coletora de esgoto ou uma estação de tratamento (para se informar disso, ligue para a concessionária de esgoto local), jogue o papel higiênico no lixo do banheiro. Quando lançado no vaso, ele entope mais rapidamente a fossa séptica (tanque enterrado no jardim ou quintal da casa para onde vai o esgoto doméstico quando não há rede coletora). Ao mesmo tempo, aumenta a poluição das águas, já que o esgoto de cidades sem estação de tratamento é despejado in natura em rios ou no mar. Fraldas, absorventes higiênicos e camisinhas devem ser jogados no lixo. (Fonte: www.superabril.com.br)

Uma curiosidade é que no Japão não há cesto de lixo tanto nas casas como nos banheiros públicos, pois lá todo mundo joga o papel higiênico no vaso sanitário.

 

4 Comentários

  • CARLOS ANDRADE

    Responder Responder junho 6, 2016

    Gosto muito das suas dicas e queria muito compartilha elas na minha fan page , mas não achei nenhum link que posso fazer isso

    • Boa tarde Carlos, para você compartilhar qualquer artigo é muito simples, faça seguinte forma:
      1) Copie a URL do post ou página, por exemplo a página sobre “papel higiênico: no lixo ou no vaso sanitário?” copie o endereço que fica na página, no caso seria : http://goodhouse.com.br/blog/papel-higienico-no-lixo-ou-no-vaso-sanitario/.
      2) Cole na linha do tempo da sua fan page (está escrito ” escreva algo…) . É só isso, colando a URL , automáticamente aparece a página ou post, se a pessoa clicar vai para página do site ou post.

  • Luciana bastos

    Responder Responder dezembro 16, 2016

    Olá eu gostaria de jogar o papel no vaso sanitário,mais entope. Queria saber se é possível colocar um cano maior do vaso ao esgoto ou se é padrão.Obrigado

    • Sergio Kawaguchi

      Responder Responder dezembro 16, 2016

      Olá Luciana, há padrões de medidas para as instalações hidráulicas, mas resta saber se foi feito de acordo com os padrões na sua casa, é possível trocar o cano por um maior, mas somente do vaso pode não adiantar, pois pode haver pontos no encanamento onde os tubos tem pouco diâmetro, assim se for fazer a troca de toda tubulação é cara e trabalhosa.

Deixe um Comentário

* Indicar Campos Obrigatórios